e aí Stavale, como está essa ruivice?

gil-elvgren-pin-up-girls-gallery-16-9

Não adianta eu sou aquele marido que sempre vai comprar o cigarro e volta anos depois. E tenho a cara de pau de chegar aqui e fazer um post depois de dois anos. Quem que vai me querer de volta? Só mesmo as minhas leitoras.

-> novo aqui? não quer ficar perdido no post? leia os outros aqui 

Meninas, eu fico besta, não atualizo mais o blog e mesmo assim quase que diariamente nesses anos de afastamento, eu recebo perguntas aqui, ou no facebook, ou no instagram sobre dúvidas com tinta de cabelo. Uma vez eu fiz até um vídeo para tentar responder essas dúvidas, mas sempre tem mais. E sabe o que eu acho disso? EU ACHO ÓTIMO. Eu adoro poder ajudar no que posso, não sou guru de cabelo, ou ruiva profissional. Na verdade não sou colorista ou nada disso, mas são mais de 10 anos de cabelo ruivo de todos os tipos e podem ter certeza já passei por tudo, e por muitas lágrimas. Mas não adianta chorar pelo cabelo ressecado, a gente quer é ser ruiva mesmo. Quero poder continuar ajudando todas vocês e saber sempre que possível do resultado. Já me pararam na rua para dizer que meu humilde blog sem domínio e patrocínio foi que ajudou realmente na saga ruiva. Estou muito feliz por tanta receptividade e só vou parar quando o tiver mais ruivas aqui no Brasil que na Irlanda. Podem perguntar!

Espero que ninguém entre em choque ao descobrir que em novembro de 2014 eu fui virar morena. Verdade que já to ruiva de novo, mas passei por vários tons de castanho acobreado e agora uso um ruivo mais escuro que antes, e essa nova jornada só me deu mais aprendizado ruívico para compartilhar aqui.

Estava enjoada do tom que usava, o tom era 9.4, mas logo depois ficava um 9.34, ou seja um loiro claríssimo dourado acobreado. eu queria que ele ficasse mais vivo, mas nem muito mix dava jeito, logo depois o cabelo estava mais dourado do que acobreado. Parei de usar a tinta querida 9.4 da yellow e passei a usar de novo a 8.4 também da yellow para o cabelo ficar com uma cor mais acobreada e menos loira, pois é um tom mais escuro

castanho1

Cansada de tanto gasto com produto e tinta de cabelo (ingenua eu que pensei que ia largar o vício), resolvi dar uma chance a minha cor original. Mas caaaalma, não sabendo viver longe da cor quente, eu migrei para um tom chocolate

P1090039.JPG

A mistura exata foi 6.7 (color perfect) com 6.34 (koleston), traduzindo um loiro escuro marrom com um loiro escuro acobreado. Sim gente, para ficar um tom de castanho médio a castanho claro temos que usar o 6, o loiro escuro, usando um castanho 5, castanho pseudo-claro, o cabelo fica castanho escuro, e usando 4, o pseudo castanho médio, fica preto. Então esperteza na hora de tirar esse ruivo, não ponham tinta 4, depois vai ser ruim de tirar e o cabelo ficará bem escuro!!!

castanho2

Nas duas primeiras semanas ficou bem escuro e foi difícil de me acostumar, depois começou a abrir e eu fiquei apaixonada pela cor linda.

Chegando em fevereiro de 2015 meu cabelo já estava muito desbotado, a raiz castanha original já muito diferente do tom desbotado já meio dourado meio ruivo que ficou. Em março antes de viajar (sabem que eu amo né?) dei meu cabelo na mão de uma profissional (Lumila Roumilac), coisa que não fazia tinha séculos, mas essa é porreta, confiava muito em seu trabalho. Ela fez mechas invertidas com o 6.0 (tonalizante da l’oreal) e cortou meu cabelo em camadas. Com isso não abandonei o ruivo que voltava a aparecer, mas igualou o cabelo que estava muito esquisito. O resultado ficou ótimo

castanho3

Já bem desbotado, em julho eu ouso ruivar de novo, pinto somente a raíz de 7.4 (alfaparf) com oxigenada 20vol.

Não sabendo parar de acobrear, final do ano eu me entrego de vez de novo e pinto com a 8.4 da yellow, mas dessa vez usando oxigenada 20vol pois não queria mais tão claro como usava antigamente e aí está o resultado:

_DSC0987.JPG

Anúncios