Madrinhas Estampadas

Olá!

Que sou louca por vestidos de noiva você já sabem, agora vão descobrir que também adoro o conjunto das madrinhas, afinal fica tão lindo na foto, não é? Tudo começou quando fui convidada para ser uma das madrinhas do casamento da minha amiga Karyme França, como ela nos deu bastante liberdade, determinou a cor das meninas, porém nos deixou a vontade quanto ao comprimento, o tecido, etc, comecei a fazer bastante buscas por vestidos de madrinha. Minha missão era simples: um vestido rosa sem brilhos! Eu particularmente não sou chegada a brilhos e sabia que a noiva também não o era. A escolha do vestido ali estava bastante solta, mas o que me norteava não era só o que eu gostava ou que me cabia bem, era isso também, mas principalmente o que a minha amiga gostaria também, afinal o dia era dela e eu queria estar perfeita para homenageá-la.

Nessa onda acabei pesquisando muitas ideias diferentes para madrinhas. Ultimamente o que tem me encantado é uma ideia bem menos usada, mas lindíssima para casamentos diurnos, especialmente casamentos ao ar livre: Vestidos de madrinha estampados!

É pouco usal não é? Parece até que é algo errado, porque nunca vemos madrinha usando estampas. Mas quem disse que não pode? Não só pode como é uma boa pedida, não só pela originalidade, como pelo toque bastante feminino, leveza, descontração que um casamento diurno trás. A mistura de algumas madrinhas com liso e outras com estampado também fica legal, o estampado pode ser igual ou não, apenas seguir uma paleta de cores. Eu pessoalmente até acho interessante que um estampado florido seja diferente, porém seguindo a mesma paleta de cores, ou vestidos de bolinhas (polka dots) coloridos diferentes também ficam legais, ainda mais em cores 60’s retrô.

 

032

Gostaram da ideia?

 

Anúncios

Vestidos de noiva curtos e vintage

PostVestido

Todo mundo que me conhece sabe o quanto eu sou fanática por casamentos. Desde que fiquei noiva em 2011 comecei a pesquisar sobre casamentos e não parei mais, o engraçado é que meu compromisso se desfez no mesmo ano, mas meu interesse por pesquisar casamentos continuou. Eu costumo dizer que não importa o noivo, eu já tenho planejado o meu casamento. Sempre gostei bastante de ver vestidos, nunca passei por uma banca sem folhear uma revista de noiva, além de que não resisto aos programas como “O Vestido Ideal” (Say Yes to the Dress) do Discovery H&H.

De um tempo para cá tenho criado uma enorme paixão por vestidos curtos. Eles são bastante apropriado para cerimônias civis, casamentos casamentos em casa, casamentos no campo, e o estilo shabby chic também combina com esses vestidos. Eu acredito que o casamento deva ser um conjunto, planejado como um todo, muitas vezes vejo nesses programas de televisão vestidos muito luxuosos em cerimônias onde eles não parecem se encaixar, tipo já imaginaram um atrevido vestido Pnina Tornai em uma igrejinha presbiteriana simples e tradicional? Só eu acho que aquilo não se encaixa? Se encaixaria melhor com um casamento em Vegas que já remete algo mais descontraído e ousado.  É claro que cada noiva veste o que quer, afinal é o dia dela! Mas muitas vezes eu vejo o quanto o vestido acaba até por ofuscar a cerimônia e a festa.

Minha paixão por vestidos que fogem do longo se encontra em meu claro amor pelo estilo vintage, e uma predileção escancarada para casamentos diurnos. Uma grande vantagem é a liberdade de movimento da noiva, por isso é perfeito para cerimônias onde o local do casamento e da festa é o mesmo, ou então para casamentos no cartório, seguidos da festa ou de um almoço comemorativo, também é uma ótima opção.

Vejam aqui alguns exemplos desses vestidos joviais que fogem do senso comum e do tédio, mas continuam sendo absolutamente clássicos e de bom gosto.

E aí meninas gostaram desses vestidos? Usariam algum desses?

*Todas as fotos são oriundas do Pinterest. Se vocês gostam de vestidos de noivas e outras coisas de casamento, podem seguir meu painel “Wedding Dream” Lá no Pinterest, quando não tenho mais nada (ou tenho, infelizmente) sempre pesquiso essas coisas por lá.